Uma estranha no ninho



Chloë Sevigny é uma outsider. Ela não mostra a cara na People, é avessa ao mundinho high profile e nunca emplacou um número um nos box offices cinematográficos. Muito pelo contrário. Ela trabalha com cineastas não tão consagrados a preço de banana, é queridinha de publicações hype como a I-D e busca uma vida simples. Atriz de responsa e ícone fashion por excelência, Chloë é tudo o que você queria ser. Duvida?




















Nascida em Connecticut, filha de uma professora e de um contador, Chloe (que adicionou o trema ao nome baseada no livro infantil Chloë and Maude) deu o start em sua carreira cinematográfica aos 19 anos em uma produção polêmica: Kids (1995), de Larry Clark. Na fita, Sevigny faz o papel de uma garota que descobre ter sido infectada pelo namorado com o vírus HIV.





Após outras incursões em filmes menores, Chloë conseguiu destaque em Meninos não choram (1999). Veio o reconhecimento e uma indicação ao Oscar de atriz coadjuvante. Participou de Psicopata americano (2000), Party Monster (2003) e Dogville (2003). No filme The brown bunny, Chloë causou controvérsia ao participar de uma cena explícita de sexo oral com o ator e também diretor da fita, Vincent Gallo. Pensa que ela deixou de dormir por causa de um bola-gato? Pois a bonita cagou e andou. Tá pensando que é bagunça?





Atualmente, entre uma produção indie e outra, Chloë é uma das estrelas de Big love, seriado da HBO sobre uma família poligamista. Ao lado de Jeanne Tripplehorn e Ginnifer Goodwin, ela é uma das esposas de Bill Paxton, a mais fundamentalista delas. Nikki, sua personagem, dá um toque de humor sarcástico ao enredo. O papel garantiu a Sevigny o Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante em série dramática neste ano.








Conhecida por sua maneira peculiar de se vestir, Chlöe não demorou a se tornar referência no metiê. Ela já estampou capas e mais capas de revistas com seu estilo aparentemente despreocupado.
































Fã do estilo vintage, a atriz garimpa suas peças em brechós nova-iorquinos. Acreditem, ela usava Ray Ban Wayfarer quando todo mundo ainda achava cafona. Até mesmo um clogs, pra mim algo mais feio do que bater na mãe, Chloë sustenta sem medo. Em 2008, uniu-se à Opening ceremony, marca hip da Grande Maçã, para uma coleção pocket com florais, jeans e muitos outros toques dos anos 1990. A parceria deu certo, rendeu uma coleção unissex e masculina em 2009, e uma nova leva de peças acaba de chegar às lojas.




















“As pessoas sempre dizem que eu me visto de maneira selvagem, avant-garde e que uso peças desafiadoras, mas pra mim essa é a Björk. Eu acho que me visto de maneira bem conservadora. Eu não entendo esse pensamento de que eu me visto de um jeito estranho. Eu só acho que tento ser um pouco criativa”.

Anúncios
Esse post foi publicado em Arte, Cinema, Fotografia, Moda, TV e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Uma estranha no ninho

  1. Cris disse:

    Assisti Brown Bunny num Festival de Cinema a long time ago … foi divertido, a famosa cena de sexo oral da Chloe chocou até os moderninhos e parecia que cena tinha horas de duração. tamanho o desconforto. HAHAHAHA
    Realmente a garota tem cojones, faz o que quer e não está nem aí. E é uma puta atriz!

  2. Cris, eu lembro de quando vi Ken Park, do famigerado Larry Clark, o mesmo de Kids, no cinema. Eu, que me considerava moderninho, fiquei super constrangido com a pornografia explícita. Deve ser por isso que ainda não consegui ver Brown Bunny (embora, admito, busquei só a referida cena num site bem duvidoso. HAHAHAHA).

    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s